De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...

A primeira vez que fui a San Diego foi em 1986, quando atravessei os Estados Unidos de mota com a Minnie. A ida a San Diego, o ponto mais distante de Nova Iorque a que chegámos, foi uma visita completamente falhada. Tínhamos dormido a sul de Los Angeles e depois de um trajeto curto, parámos as motas ao lado do Waterfront Park para tomar um refresco. Do nada, saltou uma discussão horrível e perdemos a paciência para explorar a cidade. Montámos nas motas e fomos para Este sem rumo fixo. Por acaso, encontrámos uma estrada lindíssima e ao longo do caminho lá fomos fazendo as pazes.

SUGESTÕES

Sugestão de Yvette Centeno

…eis que em HUGO MEZENA, fixemos também o seu nome, e nestas suas VELHAS, narrativas curtas (short stories) iremos descobrir, num olhar mais jovem e por isso mais distante, quase cruel na distância, um mesmo submundo de um particular oculto, encafuado em quartos, em lares envergonhados, que põe a nu a universalidade da condição humana: com a velhice, abandono e solidão.

Yvette Centeno
in Blog Literatura e Arte

Ver mais

Edição de Cristina Gonçalves

Autores

Minnie FreudenthalIsabel AlmasquéAntónio Barros VelosoJoão Pina CabralYvette CentenoEliane PerinJosé Luis Vaz CarneiroCristina GonçalvesRui Barreto