De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...

A primeira vez que os Romanos puseram os pés nas Ilhas Britânicas foi durante o consulado de César em 55 antes de Cristo, durante as campanhas da Gália. Foi só para dizer que lá estiveram. Voltarão mais tarde. E após um hiato de noventa anos, durante o reino do imperador Claudius em 43 dC, começou a colonização das Ilhas Britânicas. Durante quarenta anos seguintes, vários fortes foram construídos. O mais importante foi Vindolândia. Entre 80 dC e 122 dC, a ocupação destes castros foi permanente. A muralha de Adriano só foi construída a norte, mais tarde, em 122 dC. Em 1973 foram descobertas, em Vindolândia, pequenas tabuinhas escritas. Desde então, centenas foram encontradas.

SUGESTÕES

Bienal de Coimbra

Exposição colectiva, 15 Nov – 10 Jan
Sala de São Pedro – Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra

Partindo dos acontecimentos da crise académica de Coimbra de 1969, esta exposição procura revisitar os momentos de tensão e manifestação dos estudantes contra o regime do Estado Novo, ao mesmo tempo que explora questões da atualidade. Destacando o papel que o material de arquivo pode assumir no contexto de uma exposição de arte contemporânea, procura estabelecer-se afinidades entre obras de arte e a documentação apresentada, permitindo um desdobramento de temas históricos, sociais e políticos que marcaram os últimos cinquenta anos.

SUNDAY NEWS

Selecção dos artigos mais interessantes da semana

 António Câmara

Ver Mais

Autores

Minnie FreudenthalIsabel AlmasquéAntónio Barros VelosoJoão Pina CabralYvette CentenoEliane PerinJosé Luis Vaz CarneiroCristina GonçalvesRui Barreto

Edição de Cristina Gonçalves