De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...

No escuro vazio daquela sala negra do museu, peritos em Arte e Arqueologia discutiam o futuro de Palmyra. Reconstruir? Respeitar as cicatrizes? O que fazer? Palmyra está suspensa no do tempo. Passado e futuro esmagados pelo presente destrutivo. Quantos épocas já conheceu Palmyra? Sinto ainda no corpo uma Palmyra que conheci antes da guerra: a memória da luz, do espaço, da geometria da cidade no deserto. Mas também existe a tristeza da sua destruição de que de algum modo me sinto também responsável.

SUGESTÕES

António Vasconcelos Lapa

(a)mar enquanto o barro não dorme

Para ver na Galeria Arte Periférica, no CCB, até ao dia 05 de Setembro
Todos os dias das 10:00 às 20:00

Esplendor na Relva

Há cinema ao ar livre no Palácio de Monserrate, em Sintra. O ecrã gigante está de volta ao Parque, desta vez com um ciclo de 20 filmes dedicado aos Heróis no cinema.

SUNDAY NEWS

Selecção dos artigos mais interessantes da semana

 António Câmara

Ver Mais

Autores

Minnie FreudenthalIsabel AlmasquéAntónio Barros VelosoJoão Pina CabralYvette CentenoEliane PerinJosé Luis Vaz CarneiroCristina GonçalvesRui Barreto

Edição de Cristina Gonçalves