De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...

O dinheiro não traz felicidade, mas ajuda-nos a tolerar melhor a pobreza. Nasci e cresci com uma relação desconfortável com o dinheiro. Não porque não o tivesse, mas porque tivesse tão pouco que a vida era um constante balanço de opções, uma espécie de agonia a fogo lento que me limitava a escolha, e conspirava para me constrangir o futuro a um número bastante limitado de opções. E embora com o passar dos anos tenha aprendido a contornar esta limitação, a experiência inculcou-me na alma não só uma profunda reverência pelo dinheiro, como a certeza que o dinheiro é a medida fundamental da realidade, uma espécie de bitola que traz ordem à nossa visão do mundo. O dinheiro estabelece hierarquias,

SUGESTÕES

Baan (Casa)

A primeira longa-metragem de ficção de Leonor Teles

Quando se deixa de sentir um lar como tal, torna-se rotina vaguear. Tempo, espaço e emoções implodem, esbatendo Lisboa e Banquecoque. Passado, presente ou talvez futuro entrelaçam-se numa história que começa quando L conhece K.

Folhas Caídas (Fallen Leaves),  de Aki Kaurismäki

O filme é uma história de amor triste e solitária entre um trabalhador alcoólatra e uma funcionária de um supermercado, que Kaurismäki aborda com grande sentido de humor…