De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...
HomeSociedade

Sociedade

Em nome de quê? Como se o tempo os tivesse a todos engolido em pó, de Guerra. Estes encontros, estas caras, do horror não falavam. Não desejavam, nem criaram o medo que desconheciam. Ao

A cena repetia-se todos os anos, durante as férias que há mais de uma década passávamos na República Dominicana. Sempre no mês de Fevereiro,

Apercebi-me que a frase “deixar de trabalhar sem sentimentos de culpa”, do texto do Pedro sobre os elefantes reformados, ficou a pulsar nos meus

É importante baixarmo-nos; com o olhar ao nível do chão, cheirar a terra, caminhar pelos trajetos das formigas, tomar consciência da minúcia íntima das

Já aqui há uns anos, uma doente entrou no meu consultório e disparou: “A Sra. Dra. opera com pontos ou sem pontos? É que