De A a Z, tudo se pode fazer DE OUTRA MANEIRA...

Há quatro séculos e tal os índios da América do Norte contactaram pela primeira vez com europeus. O que aconteceu desde então dava para encher dezenas de livros. A luta contínua e desigual, o desenlace previsível. Os crimes foram europeus. A superioridade material e cultural foi decisiva. Mas retrospectivamente, quanto mais se lê sobre o assunto, mais difícil é resumir tudo ao lugar-comum Brancos Maus-Índios Bons. O processo geral parece ter sido inevitável, com tragédias, dramas, morticínios, traições. Houve também actos de abnegação e caridade.


SUGESTÕES

A World of Languages

Languages provide a window into culture and history. They’re also a unique way to map the world – not through landmasses or geopolitical borders, but through mother tongues.

Ver mais

Connecting the World

Globalization is so well established in today’s world that we don’t think twice about where our bananas or socks come from.
Long before fleets of container ships criss-crossed the world’s oceans, camel caravans and single-sail transported regional goods across the world.

ver mais

Autores

Minnie FreudenthalIsabel AlmasquéAntónio Barros VelosoJoão Pina CabralYvette CentenoEliane PerinJosé Luis Vaz CarneiroCristina GonçalvesRui Barreto